a:link { color:#191919; text-decoration:none; } a:visited { color:#E895CC; text-decoration:none; } a:hover { color:#72179d; text-decoration:underline; } a img { border-width:0; } /* Header ----------------------------------------------- */ #header-wrapper { width:660px; margin:0 auto 10px; border:1px solid #cccccc; } #header-inner { background-position: center; margin-left: auto; margin-right: auto; } #header { margin: 5px; border: 1px solid #cccccc; text-align: center; color:#666666; } #header h1 { margin:5px 5px 0; padding:15px 20px .25em; line-height:1.2em; text-transform:uppercase; letter-spacing:.2em; font: normal normal 200% Georgia, Serif; } #header a { color:#666666; text-decoration:none; } #header a:hover { color:#666666; } #header .description { margin:0 5px 5px; padding:0 20px 15px; max-width:700px; text-transform:uppercase; letter-spacing:.2em; line-height: 1.4em; font: normal normal 78% 'Trebuchet MS', Trebuchet, Arial, Verdana, Sans-serif; color: #999999; } #header img { margin-left: auto; margin-right: auto; } /* Outer-Wrapper ----------------------------------------------- */ #outer-wrapper { width: 770px; margin:0 auto; padding:10px; text-align:left; font: normal normal 100% Georgia, Serif; } #main-wrapper { width: 410px; float: left; word-wrap: break-word; /* fix for long text breaking sidebar float in IE */ overflow: hidden; /* fix for long non-text content breaking IE sidebar float */ } #sidebar-wrapper { width: 220px; float: right; word-wrap: break-word; /* fix for long text breaking sidebar float in IE */ overflow: hidden; /* fix for long non-text content breaking IE sidebar float */ } /* Headings ----------------------------------------------- */ h2 { margin:1.5em 0 .75em; font:italic bold 77% 'Trebuchet MS',Trebuchet,Arial,Verdana,Sans-serif; line-height: 1.4em; text-transform:uppercase; letter-spacing:.2em; color:#191919; } /* Posts ----------------------------------------------- */ h2.date-header { margin:1.5em 0 .5em; } .post { margin:.5em 0 1.5em; border-bottom:1px dotted #cccccc; padding-bottom:1.5em; } .post h3 { margin:.25em 0 0; padding:0 0 4px; font-size:140%; font-weight:normal; line-height:1.4em; color:#72179d; } .post h3 a, .post h3 a:visited, .post h3 strong { display:block; text-decoration:none; color:#72179d; font-weight:normal; } .post h3 strong, .post h3 a:hover { color:#333333; } .post-body { margin:0 0 .75em; line-height:1.6em; } .post-body blockquote { line-height:1.3em; } .post-footer { margin: .75em 0; color:#191919; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; font: normal normal 78% Trebuchet, Trebuchet MS, Arial, sans-serif; line-height: 1.4em; } .comment-link { margin-left:.6em; } .post img, table.tr-caption-container { padding:4px; border:1px solid #cccccc; } .tr-caption-container img { border: none; padding: 0; } .post blockquote { margin:1em 20px; } .post blockquote p { margin:.75em 0; } /* Comments ----------------------------------------------- */ #comments h4 { margin:1em 0; font-weight: bold; line-height: 1.4em; text-transform:uppercase; letter-spacing:.2em; color: #191919; } #comments-block { margin:1em 0 1.5em; line-height:1.6em; } #comments-block .comment-author { margin:.5em 0; } #comments-block .comment-body { margin:.25em 0 0; } #comments-block .comment-footer { margin:-.25em 0 2em; line-height: 1.4em; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; } #comments-block .comment-body p { margin:0 0 .75em; } .deleted-comment { font-style:italic; color:gray; } #blog-pager-newer-link { float: left; } #blog-pager-older-link { float: right; } #blog-pager { text-align: center; } .feed-links { clear: both; line-height: 2.5em; } /* Sidebar Content ----------------------------------------------- */ .sidebar { color: #72179D; line-height: 1.5em; } .sidebar ul { list-style:none; margin:0 0 0; padding:0 0 0; } .sidebar li { margin:0; padding-top:0; padding-right:0; padding-bottom:.25em; padding-left:15px; text-indent:-15px; line-height:1.5em; } .sidebar .widget, .main .widget { border-bottom:1px dotted #cccccc; margin:0 0 1.5em; padding:0 0 1.5em; } .main .Blog { border-bottom-width: 0; } /* Profile ----------------------------------------------- */ .profile-img { float: left; margin-top: 0; margin-right: 5px; margin-bottom: 5px; margin-left: 0; padding: 4px; border: 1px solid #cccccc; } .profile-data { margin:0; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; font: normal normal 78% Trebuchet, Trebuchet MS, Arial, sans-serif; color: #191919; font-weight: bold; line-height: 1.6em; } .profile-datablock { margin:.5em 0 .5em; } .profile-textblock { margin: 0.5em 0; line-height: 1.6em; } .profile-link { font: normal normal 78% Trebuchet, Trebuchet MS, Arial, sans-serif; text-transform: uppercase; letter-spacing: .1em; } /* Footer ----------------------------------------------- */ #footer { width:660px; clear:both; margin:0 auto; padding-top:15px; line-height: 1.6em; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; text-align: center; } -->

Curtir a pagina no Facebook

sábado, 20 de setembro de 2008

A origem do Crochê

Os brasileiros escrevem Crochê, assim como todos os outros povos de língua latina, mas a palavra foi originada de um termo existente no dialeto nórdico, com o significado de gancho (que é a forma do bico encurvado da agulha utilizada para puxar os pontos), que também originou croc, que em francês tem o mesmo significado.Ninguém tem a certeza de quando ou onde o crochê começou. Segundo os historiadores os trabalhos de crochê tem origem na Pré-história. A arte do crochê, como a conhecemos atualmente, foi desenvolvida no século XVI. O escritor dinamarquês Lis Paludan tentou descobrir a origem do crochê na Europa e fundamentou algumas teorias. A mais provável é a de que o crochê se originou na Arábia e chegou à Espanha pelas rotas comerciais do Mediterrâneo. Também há indícios posteriores da técnica em tribos da América do Sul, que usavam adornos de crochê em rituais da puberdade. Na China, bonecas eram feitas com a mesma técnica. Entretanto, o autor afirma que não há evidência concreta sobre o quão antiga é a arte do crochê.
A origem mais provável vem da técnica de costura chinesa, uma forma primitiva de bordado que foi difundida no Oriente Médio e chegou à Europa por volta de 1700. Mas o crochê só começou a ser fortemente difundido em 1800. A francesa Riego de La Branchardiere desenhou padrões que podiam ser facilmente duplicados e publicou em livros para que outras pessoas pudessem começar a copiar os desenhos.Os trabalhos com a técnica do crochê podem ser realizados com qualquer tipo de fio ou material. Tudo depende da peça a ser executada: uma toalha delicada ou uma colcha, um casaco ou um tapete resistente. Atualmente usa-se a técnica para confeccionar variadas peças, tudo depende da criatividade de cada um.
Beijos.........

3 comentários:

Inez, como no tempo da vovó disse...

Muito interessante essa reportagem
parabéns querida
Muito legal seu blog
mil bjs
Inez Barbosa

Arte e croche disse...

Oi Flavia!
Ja te linkei!
Obrigada pela visitinha/
Volte sempre!
Beijos
Maja

Eunice Martins disse...

muito obrigada por me linkar e pela visita estou levando voce comigo e se prisisar de ajuda com o blog pode contar comigo.
Há pelo menos um amigo nesse mundo
por quem eu morreria.
Pelo menos uma pessoa nesse mundo
gosta de você de algum jeito.
A única razão pela qual alguém lhe odiaria
é porque ela quer ser exatamente igual a você.
Um sorriso seu traz alegria a qualquer um,
mesmo se esse alguém não gostar de você.
Toda noite alguém se lembra de você antes de dormir.
Você é o mundo de esperanças para alguém.
Você é um amigo especial e único para alguém.
Quando você cometer o pior erro que pode existir,
você sempre pode aprender algo de bom.
Quando você pensar que o mundo virou
as costas a você, olhe melhor.
Sempre se lembre dos elogios que recebe.
Esqueça-se dos comentários ruins.
Que Deus lhe proteja muito,
dando saúde, paz e harmonia,
vá em frente porque você merece.
Um grande beijo amiga.
desejo que sua semana seja repleta de coisas boas.